O que é antecipação de recebíveis?

Atualizado: 12 de Nov de 2020






Você está trabalhando no negativo? Tem problema para honrar os compromissos? As contas estão vencendo antes de ter o dinheiro para pagar? Se sua resposta for sim para qualquer uma dessas perguntas, recomendo fortemente a leitura desse artigo.

E é claro isso nunca acontece por que queremos, às vezes problema nas vendas, falha no  planejamento, prejuízos não esperados em projetos, ampliação da concorrência e até sazonalidade de determinados produtos. Seja por qual motivo que isso aconteça, isso faz a gente perder o sono e os cabelos. Estar com o fluxo de caixa comprometido é sempre um grande problema em qualquer empresa. Não importa tamanho ou origem, serviço ou material, a saúde financeira da empresa é o motor propulsor que mantém o negócio de pé. Nesse momento você busca linhas de crédito mais acessíveis para resolver seus problemas financeiros. Normalmente, os mais caros também. É notório entre as empresas no Brasil, o uso indiscriminado, para a manutenção  do fluxo de caixa, do cheque especial e o atraso do pagamento de faturas de cartão de crédito. Pare!




Como resolver o fluxo então?



Existem diversas maneiras de conseguir créditos e buscar uma solução para seu fluxo de caixa, mas nem sempre elas estão na prateleira dos bancos ou são fáceis de conseguir, então nos apegamos à primeira coisa que vemos como a salvação do nosso negócio. Explorado um pouco mais as possibilidades, percebemos que a antecipação de recebíveis é uma forma mais barata e direta para conseguir capital e preservar o fluxo de caixa.  Ela é uma alternativa para pagar as contas a curto prazo e evitar exigências enormes dos bancos, dando mais tranquilidade para promover seu negócio.



Como funciona a antecipação de recebíveis?



Ainda dentro desse modelo, existem diversas formas de poder realizar a antecipação dos pagamentos dos seus clientes: risco sacado, confirming, leilão reverso, entre tantos outros. Mas em definição, a antecipação de recebíveis é antecipar o dinheiro que iria receber no futuro, agora no presente. É usar suas duplicatas de venda a prazo ou notas fiscais com prazos de pagamentos cumpridos, vendas parceladas no cartão de crédito ou mesmo cheques pré-datados de clientes em capital de giro imediato.

A antecipação de recebíveis permite você receber de uma vez todas as parcelas que seriam pagas pelo seu cliente lá na frente.

Ela antecipa o recebimento de capital que é da própria empresa, isto é, troca recebíveis futuros por dinheiro, aumentando e dando margem para o fluxo de caixa.



Quais os benefícios?



De forma geral, os juros para antecipação de recebíveis são mais atraentes do que os cobrados por instituições bancárias ou financiadoras na forma de empréstimos. Pois, esses representam maior risco para as instituições credoras e também para o negócio.

Por isso, a antecipação de recebíveis tem tomado espaço dos empréstimos e outras modalidades de crédito. O Banco Central (BC) anunciou que em alguns meses específicos em 2019 essa modalidade chegou a crescer mais de 31% em comparação com o ano de 2018. Sendo a linha de crédito que mais cresceu no Brasil nesse mesmo período.

Ela te ajuda a:

Receber rapidamente valores de serviços ou produtos comercializados para repor estoque;

Receber antecipadamente notas fiscais emitidas de serviços ou produtos para cobrir imprevistos;

Evitar empréstimos que possam comprometer algum tipo de patrimônio pessoal devido às altas taxas de juros;

Evitar expor seus negócios a dívidas que possam comprometer seu crédito quando necessário;

Facilitar negociações com clientes e fornecedores;

Como faço antecipação de recebíveis?



Você vende normalmente para seus clientes, daí se em sua negociação o pagamento for a prazo ou em parcelas, você já pode receber a vista. O que você faz é vender o seus direitos creditórios, ou seja, o direito de receber lá na frente para uma empresa interessada em te pagar a vista. Ela faz um desconto referente a essa antecipação com uma taxa muitas vezes inferior a de empréstimos e, ela recebe o valor quando seu cliente for pagar. Isso pode acontecer através de cartões de crédito ou até em duplicatas como notas fiscais de serviços. Você deve fazer o seu cadastro, esperar para ser aprovado e pronto! Tudo deve acontecer automaticamente. Sempre que precisar antecipar o dinheiro em seu caixa, basta indicar a nota fiscal e esperar que o dinheiro esteja disponível para usar. Assim, você evita toda a burocracia dos banco e não se compromete com empréstimos. Para nós é muito importante saber o que achou e pensa sobre esse assunto. Deixe sua opinião e vamos debater sobre isso.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo