Integração

Segurança do

Trabalho

Escrito por Augusto Macedo

CTO wehandle

Publicado em 31/08/2020 

Você já fez ou aplicou integrações de segurança do trabalho? Se sim, existe uma grande possibilidade de você se identificar com este artigo.

 

As integrações, além de exigência normativa, são essenciais para que novos trabalhadores entendam as principais informações relativas ao seu ambiente de trabalho. As indicações de regras básicas da empresa, mapeamento do site, como agir em situações emergências, entre outras.

Normalmente estes treinamentos são compostos por algumas horas agendadas em um ou dois dias na semana, onde uma pessoa encarregada do time de segurança do trabalho e uma da qualidade, vai tentar ao máximo prender a atenção das pessoas.

Isso lhe parece efetivo? Vamos listar os principais problemas com esta sistemática.

1. Limitação de horários

Essas pessoas, em grande parte, são terceiros contratados para exercer alguma atividade pontual, a limitação de agenda para o início dessas atividades podem, portanto, impactar e muito no andamento de um projeto. Vamos exemplificar!

Imagina que a empresa “TERCEIRO”  após longa negociação acabou de fechar um contrato com o “CLIENTE” para fazer a instalação de uma máquina de envase de cerveja. Hoje é sexta-feira, porém as integrações no “CLIENTE” acontecem apenas de quinta-feira.

Vamos às contas?

6 dias * R$ 100.000 =  R$ 600.000 (Faturamento 6 dias da Máquina parada)

Este happy hour ficou caro não é mesmo? Além do custo, essa situação faz com que a relação entre “CLIENTE” e “TERCEIRO” comece com o pé esquerdo e cheia de atritos.

2. Eficiência

Se for possível, aqui vamos fazer uma autocrítica, quão efetivo são essas integrações? Qual o nível de aproveitamento e engajamento dessas pessoas? Na maioria dos casos essas respostas não vão ser as mais positivas.

Isso não é uma questão relativa ao conteúdo ou ao treinador, mas muito influenciado pela urgência e o sentimento de “Vamos acabar logo com isso!”. O impacto gerado pelo nosso “Item 1.” aqui discutido, não permite que as pessoas tenham o tempo adequado para realmente se importar com o conteúdo sendo ensinado.   

3. Provas e avaliações

No final de toda integração existe uma prova onde caso a pessoa não seja aprovada, ela não vai poder começar as suas atividades naquele dia.

 

Por que então a prova sendo aplicada dessa forma pode ser um problema? O fato que já exploramos anteriormente, faz com que exista uma pressão para que as perguntas sejam respondidas corretamente.

 

Não é rara às vezes em que nos deparamos com pessoas fazendo a prova de outras, ou casos onde a pessoa realmente não entendeu alguma questão (importante para a sua segurança), mas é direcionada por alguém para a questão correta (famosa colinha).

 

Já presencie muitas dessas situações e em alguns casos isso feito pelo próprio avaliador. Qual o risco que isso pode gerar? A falta de compreensão ou possibilidade de realmente aprender uma regra de segurança no primeiro dia de trabalho?

 

Saiba como a wehandle pode te ajudar a aplicar integrações de segurança do trabalho e qualidade, garantindo o engajamento dos seus colaboradores e terceiros com o uso de tecnologia.   

Comece agora a vender mais para os seus cliente!

wehandle© 2020

  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon