O que é um 

onboarding bem sucedido

 O que é um 

onboarding bem sucedido

Escrito por Rodrigo Faustini

CEO wehandle

Publicado em 12/06/2020 Tempo: 6 min

O que é o onboarding? Qual sua importância? Essas perguntas na prática encontravam um espaço muito pequeno entre os departamentos de recursos humanos das empresas. Algumas vezes um: "...essa sua máquina, sua mesa e seu cartão." outras, um tapinha nas costas e um: "Pode ir, vai lá. Agora é com você."  bastavam.

Já deu para entender o que é onboarding. Ou pelo menos, o que não se fazer quando contratamos um profissional para exercer qualquer função em nossas empresas. Um contrassenso enorme é acreditar que o desempenho do contratado vai ser da altura que desejamos e não de como fazemos ele se sentir.

Com isso, fica fácil entender qual a importância desse processo ao longo de toda a jornada daquele aspirante a CEO ou fantástico operador de máquinas. Ter o máximo de desempenho e potencial revelado está extremamente ligado a capacidade do profissional se identificar com o que está fazendo e como ele enxerga sua causa e sua importância.

Mas onde fica o botão mágico?

Essa é a parte difícil. Não existe botão mágico, mas sim um complexo e intricado conjunto de coisas que podem garantir a qualidade de um bom começo de jornada.

Ter uma cultura, e nem precisamos discutir aqui de qual tipo, é fundamental. Ela garante o direcionamento e estabelece a primeira nota na cabeça de quem entra naquela empresa. Ela é capaz de fazer amar ou odiar o local onde trabalhamos.

Seja como for, o candidato deve se encantar e perceber que os valores que o identificam estão presentes.

O que fazemos de errado?

Fiquem tranquilos! Quase nada. A lista não deve passar assim de uns 100 itens. Mas vou me concentrar em alguns:

1.   A pessoa nem chegou a aceitar a proposta de emprego e a forma de contratação não ficou clara: "O salário é mais ou menos "X" se considerarmos os descontos.",  "Você terá como benefício o melhor, super, mega, das galáxias plano de saúde...que não cobre...que não aceita...e que você ainda tem que coparticipar." Sério? Falta de clareza.

2.   E em seu primeiro dia, aquela chuva de burocracia: "Você trouxe sua carteira de trabalho? RG? CPF? Título de Eleitor? Reservista (essa só vale para os homens no Brasil)? Comprovante de residência? Atestado médico?, etc, etc, etc.", ainda "Assina, aqui. Aqui também. Aquela outra." Ufa! Cansei de escrever. É tanta burocracia, que o pobre ser fica acabado nos primeiros 10 minutos de trabalho. Sério? Burrocracia (SIC).

3.   Agora o primeiro dia ficou especial: "Essa é sua mesa, está vendo? Ali tem seu nome." e o diálogo segue "Mas, mas...meu nome é Charlles." "Isso mesmo Charles." assim segue todo o acolhimento que a empresa queria dar ao novato. Uma mesa, um papel com seu nome e ninguém pra conversar. Um tour pela empresa e um colega para mostrar como as coisas funcionam até tem, mas é só isso. Sério? Falta de empatia.

A lista poderia seguir por intermináveis treinamentos, lista de regras, códigos de ética, e tudo aquilo que ele teria visto (isso não significa ler) na tranquilidade da sua casa. 

Comece agora a vender mais para os seus cliente!
Como fazer então essa integração?

Em uma só palavra? Encante.

Podem ter certeza, essa experiência elx não vai mais esquecer.

Seja transparente

No momento da contratação, seja claro. Elenque e explique todos os pontos relacionados à contratação,organize uma lista e não deixe nada de fora. Tenha precisão na informação. Nada de "achismos" e "imaginos". Seja coeso e adote uma estratégia que tenha tudo haver com a cultura da empresa. Formalize. É bom ter essa segurança sempre que estamos um pouco perdidos com tantas informações. Dê a elx as informações da empresa. Não deixe elx conhecer a empresa pelos sites. Como são as pessoas que trabalham por lá? Como é o dress code? Como é a flexibilidade do horário? Qual a cultura? Elx está cheio de perguntas e se você não é o Google, elx não vai saber essa coisas pelo site. O Google resolve essa? (risos)

Tenha simplicidade e inteligência

Cuide você das questões burocráticas. Não tem nenhum sentido alguém sair de casa com um bando de documentos em baixo do braço, correndo o risco de perder ou ser roubado, ter que tirar cópia e autenticar (isso é o fim da picada). Tenha uma maneira de receber e validar as documentações antes mesmo que o talento possa colocar os pés na empresa para trabalhar. Dê a ele uma experiência da sua empresa sem ele ter nem saído de casa

Seja transformador

Transforme o primeiro dia delx. Agora que elx já sabe tudo sobre você do conforto do sofá da casa delx, o que você sabe sobre essa pessoa? Conheça quem está do outro lado. Existem várias ferramentas: facebook, linkedin, instagram, etc. Você tem tempo, vai. Quem é a pessoa que mais deveria saber da cultura da empresa? E tem disponibilidade para acompanhá-lx no primeiro dia? E depois? E depois? Bem...se essa lista passar do "chefe", temos problema e se ela chegar no "par" hierárquico delx, um problemão. Cultura, culturacultura. Só isso pode fazer amar no primeiro dia, o seu trabalho.

Outras tantas coisas poderiam ser escritas aqui, como treinamentos, feedbacks, jogos, etc. Entretanto, esse básico já dá bastante trabalho além de ser essencial em todo o processo de onboarding.

Inspire-se com quem já faz

Existem diversas empresas fazendo. É impressionante como essas Startups tem tratado muito bem o assunto. Empresas têm se superado em seus kits de boas vindas e muito disso tem ido parar em redes sociais. Alguns nomes são repetidos: Creditas, Gympass, Nubank, Vitta, Ifood, entre outros. Orgulho? Ostentação? Não sei bem responder.

Colha o resultado e monitore 

Assim, se no final do primeiro dia de trabalho conseguimos fazer com que uma pessoa passe alguns minutos ou horas para escrever ou falar em uma roda de amigos sobre o local onde ela trabalha, e não é colocar uma fotinho do kit novo,  mostrar o que sentiu e identificar a sua causa, isso significa que uma etapa nessa grande jornada foi cumprida.

Claro que não só de redes sociais que vivem os resultados, mas agora que você também conhece quem contratou, sabe dizer se o resultado bateu à sua porta.

Ter o melhor do desempenho e o compromisso todos os dias com a missão da empresa com a qual esse candidato a CEO ou gênio da operação se identificam é o resultado de maior valor.

Saiba mais em: Cuidar dos seus colaboradores agora está mais fácil

Para nós é muito importante saber o que achou e pensa sobre esse assunto.

Deixe sua opinião e vamos debater sobre isso.

wehandle© 2020

  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon